14º PRÊMIO APTR DE TEATRO 2019 : OS VENCEDORES


A COR PÚRPURA - O MUSICAL. Premiado em cinco categorias. Foto / Carlos Costa.


Pela primeira vez através de uma precisa cerimônia virtual, comandada por Fernando Libonatti, foram anunciados os vencedores do 14º Prêmio APTR de Teatro. Acompanhado, domiciliarmente entre os pré-selecionados, o formato live através do canal You Tube da APTR foi apresentado pelos atores Miguel Falabella e Maria Padilha.

Este ano com duas novidades entre as 15 categorias – Direção de Movimento e Jovem Talento. O homenageado desta edição foi o ator Ney Latorraca, um ícone da cena teatral brasileira, por seus 75 anos de idade e 55 de carreira.

Campeão absoluto dos principais prêmios teatrais cariocas em 2019, mais uma vez o espetáculo A Cor Púrpura-O Musical foi o grande vencedor. Seguido por duplos troféus para as peças As Crianças, Estado de Sítio, Nastácia, Oboró – Masculinidades Negras e 3 Maneiras de Tocar no Assunto.

Bia Radusnky, Carmen Luz, Daniel Schenker, Lionel Fischer, Macksen Luis, Maria Siman, Rafael Teixeira, Rodrigo Fonseca, Tania Brandão e Wagner Corrêa de Araújo integram a Comissão Julgadora do Prêmio APTR. Fazendo parte da Comissão Organizadora e de Produção do Prêmio - Bianca de Felippes, Eduardo Barata, Maria Angela de Menezes, Maria Siman e Norma Thiré.

Além da singularidade emotiva da cerimônia para tempos de pandemia, vale ser  ressaltada a abertura através do Presidente da APTR – Eduardo Barata – proferindo as palavras certas para as horas incertas vividas pelo País, em meio ao caos sanitário e político causado pela má governabilidade, acentuando, em convicta postura de ato político, a necessária defesa da Cidadania e da Identidade Cultural Brasileira.


3 MANEIRAS DE TOCAR NO ASSUNTO. Trófeus de Autor e de Iluminação. Foto / Dalton Valério.

AUTOR

LEONARDO NETTO  (3 MANEIRAS DE TOCAR NO ASSUNTO)


DIREÇÃO

MIWA YANAGIZAWA  (NASTÁCIA)

RODRIGO PORTELLA  (AS CRIANÇAS)


CENOGRAFIA

RONALDO FRAGA  (NASTÁCIA)


FIGURINO

GABRIEL VILLELA (ESTADO DE SÍTIO)


ILUMINAÇÃO

ANNA TURRA, CAMILA SCHMIDT E ROGÉRIO VELLOSO (MERLIN E ARTUR: UM SONHO DE LIBERDADE)

RENATO MACHADO (3 MANEIRAS DE TOCAR NO ASSUNTO)


MÚSICA

CESAR LIRA E ANDRÉ MUATO (OBORÓ - MASCULINIDADES NEGRAS)


ESPETÁCULO

A COR PÚRPURA, O MUSICAL

ESTADO DE SÍTIO


DIREÇÃO DE MOVIMENTO/ CENOGRAFIA

SUELI GUERRA (A COR PÚRPURA, O MUSICAL)

VALÉRIA MONÃ (OBORÓ - MASCULINIDADES NEGRAS)


ATOR COADJUVANTE

ALAN ROCHA (A COR PÚRPURA, O MUSICAL)


ATRIZ COADJUVANTE

PATRÍCIA SELONK (ANGELS IN AMERICA)


ATOR PROTAGONISTA

GILBERTO GAWRONSKI (A IRA DE NARCISO)


ATRIZ PROTAGONISTA

ANALU PRESTES (AS CRIANÇAS)

LETÍCIA SOARES (A COR PÚRPURA, O MUSICAL)


ESPECIAL

MOVIMENTO TEATRO NEGRO DO RIO DE JANEIRO – APRETA


PRODUÇÃO

A COR PÚRPURA, O MUSICAL


JOVEM TALENTO – TROFÉU MANOELA PINTO GUIMARÃES

RAFAEL TELLES (O DESPERTAR DA PRIMAVERA)


ESTADO DE SÍTIO. Trófeus de Espetáculo e Figurino. Foto / João Caldas Filho.



Nenhum comentário:

Recente

CECÍLIA KERCHE : A ESTELAR TRAJETÓRIA DE UMA BAILARINA MADE IN BRASIL

Cecília Kerche em Esmeralda. Coreografia Jules Perrot. Foto/Reginaldo Azevedo. Em bela iniciativa o Theatro Municipal carioca   resolve pres...