Pular para o conteúdo principal

Postagens

Recente

O SOM E A SÍLABA: COMÉDIA MUSICAL COM SUBSTRATO OPERÍSTICO

“A mente pesa tanto quanto Deus./Se a pesagem é feita com instrumento bom,/A diferença, se houver,/É da sílaba para o som”.
A partir destes versos de Emily Dickinson e da ideia de dar vazão à potencializada base lírica na voz da atriz/cantora Alessandra Maestrini, desenvolveu-se a dramaturgia e a direção de Miguel Falabella para sua recente incursão na comédia musical titulada O Som e a Sílaba.
Que também recorre a uma fórmula de moldes hollywoodianos, de largo uso no musical cinematográfico dos anos 40 e 50, onde protagonistas/cantores mostravam as diversas possibilidades de alcance de seus repertórios, entre o canto lírico e o canto popular.
Aqui, através da narrativa de uma cantora Sarah Leighton (Alessandra Maestrini)  com a síndrome de Asperger e que, desde a infância, encontra nos discos das grandes sopranos, de Tebaldi e Callas a Sutherland, um apanágio para as limitações emotivas e sociais causadas pelo autismo. Ainda que este, no caso, seja atenuado por seu lado funcional, na cl…

Últimas postagens

ANTES QUE A DEFINITIVA NOITE SE ESPALHE EM LATINO AMERICA : ALEGÓRICA REAÇÃO À DISTOPIA

PARA NÃO MORRER: TELÚRICA REPRESENTAÇÃO DO PODER FEMININO

SUSTO: HUMOR AFINADO PARA TEMPOS DE ESPANTO

7ª EDIÇÃO DO PRÊMIO BOTEQUIM CULTURAL : OS VENCEDORES

MELHORES E PIORES NO BLOG ÓPERA & BALLET

A PRÓXIMA ESTAÇÃO : UM SINGULAR EXPERIMENTO CÊNICO

40 ANOS ESTA NOITE: LÚDICA REFLEXÃO SOBRE O CASAMENTO ENTRE IGUAIS

ESPELHOS : SOB REFLEXOS DE UMA DIALÉTICA TRANSPOSIÇÃO DRAMATÚRGICA