8ª EDIÇÃO DO PRÊMIO BOTEQUIM CULTURAL : OS VENCEDORES

FOTO/RENATO MELLO

Em mais uma concorrida noite prestigiada pelo público e pela classe teatral aconteceu, no Teatro Sesi/Firjan, a festa comemorativa da entrega do disputado troféu em bronze (obra do artista Edgar Duvivier), inspirado na figura de D.Quixote sob o signo do idealismo e do sonho, às 27 categorias do Prêmio Botequim Cultural referentes ao ano de 2019. 

Com uma energizada apresentação da dupla de atores Carol Garcia e Márcio Nascimento e a participação, na entrega dos troféus, de diversos representantes da classe teatral.

E, desta vez, inaugurando a primeira láurea à sua mais nova categoria – Direção de Movimento/Coreografia – estreando um gênero nas premiações teatrais e atendendo, assim, à justa reivindicação dos profissionais desta área.

Foram anunciadas outras inovações para a edição 2020, como o prêmio Destaque Técnico para Espetáculo Infantojuvenil, e a extensão à comissão julgadora de poder conferir Prêmios de Melhor Espetáculo Drama/Comédia, Melhor Espetáculo Musical e Melhor Espetáculo Infantojuvenil, paralelamente à escolha destas premiações pelo voto popular.

Com a entrada da atriz e diretora Júlia Stockler, o júri passa a ter a seguinte composição – Júlia Stockler, Sergio Fonta, Wagner Corrêa de Araújo, Zé Helou, além de Renato Mello, presidente e idealizador do Prêmio Botequim Cultural.

DRAMA/COMÉDIA

Melhor Espetáculo
– As Crianças

Melhor Direção
– Rodrigo Portella(As Crianças)

Autor (Original/Adaptado)
– Leonardo Netto (3 Maneiras de Tocar no Assunto)

Melhor Ator
- Kiko Mascarenhas (Todas as Coisas Maravilhosas)

Melhor Atriz
– Analu Prestes (As Crianças)

TEATRO MUSICAL

Melhor Espetáculo
– A Cor Púrpura, o Musical

Melhor Diretor
– Tadeu Aguiar (A Cor Púrpura, O Musical)

Melhor Autor (Original/Adaptado)
– Artur Xexéo (A Cor Púrpura, o Musical)

Melhor Ator
– Patrick Amstalden (Ao Som de Raul Seixas: Merlin e Arthur – um Sonho de Liberdade)

Melhor Atriz
– Letícia Soares (A Cor Púrpura, o Musical)

TEATRO INFANTOJUVENIL

Melhor Espetáculo
– O Príncipe Poeira e a Flor do Coração

Melhor Direção
– Débora Lamm (Suelen Nara Ian)

Melhor Autor (Original/Adaptado)
– Saulo Sisnando (O Príncipe Poeira e a Flor do Coração)

Melhor Ator
– Fabrício Polido (O Príncipe Poeira e a Flor do Coração)

Melhor Atriz
– Letícia Medella (Vamos Comprar um Poeta)

ATOR/ATRIZ EM PAPEL COADJUVANTE
(sem distinção de segmento)

Melhor Ator em Papel Coadjuvante
– Alan Rocha (A Cor Púrpura, o Musical)

Melhor Atriz em Papel Coadjuvante
– Flávia Santana (A Cor Púrpura, o Musical)

CATEGORIAS TÉCNICAS
(sem distinção de segmento)

Melhor Direção Musical
– Tony Luchessi (A Cor Púrpura, o Musical)

Melhor Cenografia
– Natália Lana (A Cor Púrpura o Musical)

Melhor Figurino
– Dani Vidal e Ney Madeira (A Cor Púrpura, o Musical)

Melhor Iluminação
– Rogério Wiltgen (A Cor Púrpura, o Musical)

Melhor Direção de Movimento/Coreografia
– Sueli Guerra (A Cor Púrpura, o Musical)

PRÊMIO ESPECIAL

(artista, criador ou manifestação relevante ao cenário teatral carioca)
Rodrigo França, referência ao trabalho de qualidade e militância pela valorização da negritude, com destaque para “Oboró – Masculinidades Negras” e todo seu elenco.

A COR PÚRPURA - O MUSICAL : O GRANDE CAMPEÃO DA NOITE DOS PRÊMIOS  BOTEQUIM CULTURAL 2019.


Comentários

Postagens mais visitadas