Pular para o conteúdo principal

Postagens

Recente

VILÕES DE SHAKESPEARE: IDENTIFICANDO-SE COM O MAL CONTEMPORÂNEO

Enfant terrible do teatro britânico contemporâneo, Steven Berkoff tem registrada a passagem de seu natalício octogenário na montagem, em nossos palcos, de sua peça Vilões de Shakespeare, com o protagonismo solo de Marcelo Serrado e sob o comando diretorial de Sergio Módena.
A múltipla  incursão artística de Berkoff vai do teatro, onde atua como dramaturgo, ator e diretor, às sua presencialidade no cinema, com prevalência de papéis identificados com a maldade e a vilania. Como os malfeitores em Rambo e no James Bond Octopussy, ou no Kubrick , de Laranja Mecânica e Barry Lyndon.
Mas a encarnação mais polemizada de sua trajetória foi como Hitler em seriado , num contraponto político à sua própria condição judaica. E também quando assumiu o “sujo” judeu Shylock ( do Mercador de Veneza) na performance inaugural de sua peça Vilões deShakespeare( 1998 ).
Agindo assim, provocativamente, incomodou tanto,  a ponto de uma jornalista inglesa classificá-lo de “horrivelmente feio” e do roqueiro Bryan …

Últimas postagens

CINEQUANON: PERCURSO COREOGRÁFICO EM TEMPO DE CINEMA

PODEROSA VIDA NÃO ORGÂNICA QUE ESCAPA: ENTRE HUMANOS E MINERAIS

GUANABARA CANIBAL:SOB O RECALQUE DA VIOLÊNCIA

TUDO O QUE HÁ FLORA: MAS NEM TUDO É COMO PARECE

UM PAI(PUZZLE): E QUE PAI É ESSE !!!

MOMIX FOREVER: ATLÉTICO ILUSIONISMO COREOGRÁFICO

AS CRIADAS: SOB COMEDIDA PULSÃO SENSORIAL

GRUPO CORPO -"GIRA": CORPOREIDADES ESPIRITUAIS

LUIS ANTONIO – GABRIELA: REFLEXIVA TRANSGRESSÃO

AGOSTO: ROUNDS DE UMA SAGA FAMILIAR